Escolhemos o caminho da luta ao da conciliação (vladimir llyitch uliánov lenin)

domingo, 26 de abril de 2015

             
Pedro Justino Pereira
(saudades)



  MEU VELHO PAI

I
Ah! Meu velho pai
Na velhice junto a mim eu ti queria.
Mas na sepultura onde estás...
Quero-te ainda!

II
Ainda consegues ouvir a minha prece?
Esses dias ainda de ti lembrava;
Lembrava do quão pouco te conheci.
Apesar do muito que contigo sonhei, e assim vivi!

III
 Mas são dias idos...
Chorados, sorridos...sei La.
Nada à lamentar...
As vezes nem quero lembar!